Coisas de Criança

Coisas de Criança é...Brincar

Coisas de Criança é...Brincar
Contos, poesias,brincadeiras tradicionais, cantos e cantigas de roda, para gente miúda e graúda, desde que deixe a criança que existe em você se soltar.

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Casinha de bonecas


Casinha de bonecas (conto)


Era uma vez, uma menina chamada Andreza, que não era muito chegada à brincar de bonecas. Mesmo assim, no seu aniversário ganhou uma casinha de bonecas completa: com vários cômodos, móveis, enfim, havia de tudo o que se possa imaginar, menos as bonecas.


Foi então que a sua mãe, perguntou se ela queria que comprasse algumas bonecas que coubesse na casinha, já que era muito minúscula.e as poucas que ela possuía eram grandes, servia mais de enfeites, porque pouco ela pegava para brincar.
_ Sim mamãe!

A mãe da menina comprou algumas bonecas. No primeiro dia Andreza brincou, logo enjoou, achava tudo uma chatice, queria mesmo era jogar no computador, era mais interessante, além do mais, achava que na era da tecnologia, não havia muito espaço para se interessar por brinquedos, até porque suas amiguinhas da mesma idade, oito anos, também não brincava de bonecas. Contudo, foi passando o tempo, a casinha de bonecas com as pequenas “princesinhas “ dentro dela,ficava jogada lá no canto do quarto abandonada e empoeirada.

Um dia aconteceu um black-out, faltou energia no bairro inteiro, Andreza, já de férias escolar, agora sem aula, sem energia, chovendo, sem ter muito o que fazer, resolveu brincar de qualquer coisa, porém dentro de casa, já que chovia tanto.

Alguma coisa lhe incomodava, lembrou-se daquela casinha abandonada com suas bonecas, quem sabe empoeiradas também, imaginou se fosse a sua mãe que lhe deixasse sozinha abandonada numa casa, iria ficar muito triste.

Nesse instante, chegou uma tia sua de viagem de férias, irmã da sua mãe, com uma prima sua ainda pequena, a Larissa de cinco aninhos. Foi uma alegria a chegada. Mas que depressa, Andreza chamou a prima para brincar no seu quarto, onde estava fazendo alguns rabiscos no caderno.

De repente, a prima correu em direção da casinha empoeirada e exclamou:

_ Vamos brincar de casinha? Adoro brincar disso, eu tenho uma, mas Não dar para carregar aonde eu for, sinto falta da minha casinha, bem limpinha, esta aqui está toda empoeirada, Vou limpar!

Andreza_ Hã? Sentiu uma pitada de ciúmes, ah é, esta e minha casinha, estava meio sem tempo de brincar, por causa das aulas, se desculpando.Então vamos brincar nós duas?

_Sim, sim. Vamos limpar, depois fazer um lanche gostoso junto às bonecas.
Brincaram, brincaram bastante, nem se deram conta que a energia havia voltado.
Para as duas, nada importava naquele momento, somente a imaginação, a fantasia que quase por descuido a menina Andreza tinha perdido.

Ela sabia que a sua infância, mais cedo o u mais tarde iria se acabar tinha mesmo era que viver aquela etapa maravilhosa, que um dia ficará na sua lembrança, foi brincando com a prima que “acordou ela” para a realidade.
Claro que dava para brincar com outras coisas também, mesmo no computador, porém sua casinha de bonecas não iria deixar de lado jamais.


Autora: Dora Duarte

2 comentários:

Anne Lieri disse...

Dorinha,seu blog está muito bonito!Precisa fazer mais propaganda dele,pois seus textos são excelentes e vale a pena compartilhar!Bjs,

Susana disse...

Querida Dora, seus contos são ótimos,de uma maneira bem simples você consegue atingir todas as faixas etárias com suas belas estórias ou histórias. Beijos.

Copyright © 2011 COISAS DE CRIANÇA.
Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger