Coisas de Criança

Coisas de Criança é...Brincar

Coisas de Criança é...Brincar
Contos, poesias,brincadeiras tradicionais, cantos e cantigas de roda, para gente miúda e graúda, desde que deixe a criança que existe em você se soltar.

quinta-feira, 1 de março de 2012

Meu pé de oliveira (jambolão)





                         

           Quando criança, lá para as bandas do Varjão , João Pessoa, onde passei a metade da minha infância. Era comum a meninada subir em árvores (sem dono) para comer dos frutos.Entrar no quintal dos outros para roubar, nem pensar...Só das ruas, estradas, praias e mata, ou em sítio quando  era convidado.

        No rio que cortava meu bairro, não era um rio com água apropriada para lavação de roupas, banhos nem tampouco  para beber, devido os jumentos dos carroceiros se apossarem para os banhos , beber daquela água e lógico fazer as suas necessidades fisiológicas ali. Porém, criança é sempre criança, sem noção nenhuma, mesmo com recomendação negativa da mãe, teima e faz por impulso de travessura e por causa do calor imenso, tomava banho ali.

       Havia uma árvore frondosa na beirada do rio, um pé de oliveira, o fruto também tinha o mesmo nome, o mesmo (pé de jambolão). No meu pensar, era o meu pé de oliveira, todo pé de fruta que eu gostasse, era o meu favorito. Eram lá que as minhas irmãs, a meninada do bairro e eu, trepavam para chupar as oliveiras pretinhas de montão... Depois a gente apostava para ver qual a língua que ficava mais roxa e todos mostravam a língua. A que ficava com o tom mais roxo escuro, era porque tinha chupado mais oliveira.

          Na minha cabecinha, era a mesma azeitona preta que eu comi numa empadinha, um dia pela primeira vez numa festa de rico, imaginei que era colocado nela muito sal,  achava salgada....E não é que agora descobri que oliveira também era conhecida como “azeitona do nordeste”!?

       Depois era a prova dos pulos dentro do rio, quem saltava mais rápido, depois o banho refrescante, para aquele calor infernal. Foi nesta brincadeira saudável que peguei “cistosoma”, , assim a gente chamava esquistossomose, aliás, todo  aquele que se arriscava tomar banho ali num rio poluído de caramujo, onde o verme  colocava seus ovos lá, pegava pela sola do pé. A mãe da gente dava remédio, a gente sarava, depois... Tudo de novo.

Como era gostosa aquela frutinha preta!

Dora Duarte

3 comentários:

✿ chica disse...

Tinha outro gosto aquele de sabor da infância.né? beijos,chica

Anne Lieri disse...

Dora,que deliciosa recordação de infancia!Bjs,

Jossy Soares disse...

Vivi hitória semelhante em Pedras de Fogo-PB. Hoje moro em Cuiabá. jossy

Copyright © 2011 COISAS DE CRIANÇA.
Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger