Coisas de Criança

Coisas de Criança é...Brincar

Coisas de Criança é...Brincar
Contos, poesias,brincadeiras tradicionais, cantos e cantigas de roda, para gente miúda e graúda, desde que deixe a criança que existe em você se soltar.

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

AS FADAS CELESTES





Você já ouviu falar no palácio celeste? 

É lá que moram as fadas chinesas. Passam os dias tecendo nuvens. São elas que emprestam às nuvens formas de animais, de brinquedos e até de algodão-doce. Mas não pense que levam uma vida divertida. No céu, todos os dias são iguais. Foi por isso que, certa vez, duas fadinhas resolveram:

- Vamos conhecer a Terra?

Quem sugeriu foi a mais velha. A mais nova concordou imediatamente, mas disse:

- Partiremos em segredo. O imperador nosso pai, nunca permitiria essa viagem.

Desceram à Terra e com o tempo, seus corpos perderam a transparência e as fadas passaram a ser confundidas com seres humanos. Conheceram crianças, trabalharam como atrizes e pintoras. Não se lembravam mais da antiga vida no céu.


Só depois de cem anos foi que o imperador descobriu a ausência delas. Isso porque no céu o tempo demora para passar.


O imperador ficou furioso. Quando ele se aborrecia, os céus se turvavam.



Cada grito que soltava se transformava imediatamente num raio luminoso. Cada gota de suor que brotava de sua testa se tornava uma horripilante tempestade.



- É preciso voltar - concluiu a mais velha. - Se não regressarmos, papai destruirá a Terra; nossos amigos sofrerão, traremos dor e danos àqueles que nos acolheram.

Tristes, as fadinhas se despediram de todos e subiram pelo caminho do céu. Sabiam que seria difícil retornar à Terra, pois de agora em diante o imperador as vigiaria eternamente.

Foi então que tiveram uma idéia: tiraram os espelhos mágicos das longas mangas de suas vestes e os lançaram na Terra.


Os espelhos desceram tão rápido que os olhos humanos não foram capazes de vê-los rodopiando no ar.

Quando caíram, se transformaram em dois lagos redondos, cintilantes e cristalinos.

Suas águas eram doces e límpidas, refletindo perfeitamente as florestas, as colinas e os rostos das crianças.

Até hoje, sempre que uma criança nada nas águas desses lagos, situados na China e no Vietnã, sabe que recebe a proteção das fadas celestes, que continuam a tecer as brancas nuvens dos céu.

                   

                                         ( Lenda anônima chinesa )

2 comentários:

Pequeno Príncipe disse...

Dora,muito legal essa história!beijinhos Pedrinho

Paulo Berri disse...

Olá Amada!!!!

Mto meiga a história!!!!!!!!! Forte abraço!

Copyright © 2011 COISAS DE CRIANÇA.
Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger